/*--Resumo do post--*/ z


Saúde | Canabidiol liberado no Brasil



Ha algumas semanas atrás fiz um post abordando os benefícios da  maconha medicinal e o que tem sido feito para que uma das suas substâncias, o Canabidiol - CBD, seja liberado.

Hoje, 14/01, a Anvisa reclassificou o Canabidiol.

O CBD sai da lista de medicamentos proibidos e passa para a categoria C1, de uso terapêutico permitido, mas na lista dos medicamentos controlados. Iguais ao tarja preta que já conhecemos.

Ainda não há autorização para a comercialização e fabricação da substância no Brasil, apesar do governo já ter recebido a proposta de um laboratório estrangeiro. A proposta está sendo analisada e não tem prazo para definição. Confira a matéria completa no site do Jornal Hoje

Para os pacientes que buscam essa alternativa terapêutica, a resolução de hoje é um grande passo.

Porém o Canabidiol só pode ser importada após entregar a receita, junto a outros documentos na ANVISA. Aí então é liberada uma autorização especial concedida pelo diretor da agência. O pedido leva em média uma semana para ser avaliado.

Dia 16 de dezembro, o Conselho Federal de Medicina legalizou a importação do medicamento composto por Canabidiol para crianças e adolescentes que sofram de epilepsia e convulsões.

Neste último ano, o assunto foi muito discutido no Brasil. A legalização ou a descriminação do uso da maconha para uso medicinal e recreativo tem ocupado muitas mesas redondas e a pauta dos nossos políticos.


Veja mais informações sobre maconha medicinal AQUI.


*Fontes: Uol, Globo.com, Anvisa
Imagens retiradas da internet